Blog - EPI X EPC ENTENDA AS SUAS DIFERENÇAS - Conforto - Nosso mundo é seu bem-estar
Blog

EPI X EPC ENTENDA AS SUAS DIFERENÇAS

16/08/2022

Quem nunca se deparou com uma obra em uma rodovia? Ou, até mesmo, uma construção de um prédio no centro da cidade? Então, é bem provável que você já tenha visto cones, fitas zebradas ou placas de sinalização nestes locais. O que muitos desconhecem é que eles fazem parte de uma importante área da segurança, os chamados EPC’s (Equipamentos de Proteção Coletiva). Talvez, agora você esteja se perguntando “Mas isso não se chama EPI?”, há uma diferença entre eles. É por essa razão que vamos explicar e exemplificar a diferença entre esses dois grandes aliados. EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO COLETIVA (EPC) São produtos desenvolvidos para proteger os trabalhadores de forma coletiva. A finalidade desses equipamentos são assegurar a saúde e integridade física não somente dos colaboradores, mas também de terceiros. Separamos abaixo alguns exemplos de EPC's, são eles: -Corrimões; -Placas de sinalização; -Cones; -Grades; -Extintores de incêndio; -Exaustores; - Fitas Zebradas. Além de adotar essas exigências, a empresa deve fornecer treinamento aos seus colaboradores, indicando os procedimentos corretos para cada EPC. EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL (EPI) São produtos desenvolvidos para proteger o trabalhador de forma individual contra riscos que podem ameaçar sua saúde e segurança no ambiente de trabalho. Separamos abaixo alguns exemplos de EPI's, são eles: -Calçados -Óculos de proteção -Luvas; -Máscaras; -Protetores auriculares; -Cinto de segurança; -Capacetes. Esse tipo de equipamento só deve ser utilizado quando as medidas de proteção coletiva não forem viáveis, eficientes e suficientes para diminuir os riscos ou, ainda, quando não oferecerem proteção completa contra tais riscos. Por fim, podemos concluir que tanto o EPI como o EPC tem o mesmo propósito, garantir segurança para os colaboradores e terceiros. É importante ressaltar que ambos devem ser aprovados pelo órgão nacional competente, neste caso, o Ministério do Trabalho. Ele é responsável por emitir o CA (Certificado de Aprovação), cujo O objetivo é garantir a qualidade e a validade dos equipamentos de proteção que são entregues aos colaboradores.

Veja Também

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14
  • 15
  • 16
  • 17
  • 18
  • 19
  • 20
  • 21
  • 22
  • 23
  • 24
  • 25
  • 26
  • 27
  • 28
  • 29
  • 30
  • 31
  • 32
  • 33
  • 34
  • 35
FALE CONOSCO

Estamos à disposição para responder dúvidas, críticas e sugestões. Entre em contato com a nossa equipe através do espaço abaixo.

CLIQUE AQUI