Blog - A importância da biqueira nos calçados de segurança - Conforto - Nosso mundo é seu bem-estar
Blog

A importância da biqueira nos calçados de segurança

29/09/2021

Os calçados de segurança são classificados conforme o nível de proteção e suas atividades profissionais, junto com as devidas normas técnicas: ABNT NBR ISO 20344 (EPI – Métodos de Ensaio para Calçados) e ABNT NBR ISO 20345 (EPI – Calçado de Segurança). Localizada na parte dianteira, entre o cabedal e o forro, a biqueira é um dos itens presentes nos calçados de uso profissional. São importantes no dia a dia do trabalhador, pois sua função é oferecer uma proteção extra quanto ao risco de quedas de objetos, batidas de diversos tipos e, também, no contato com substâncias químicas, altas temperaturas e descargas elétricas. As normas classificam os calçados em três tipos, justamente de acordo com o tipo de proteção oferecida pela biqueira: Calçados Ocupacionais: indicados para riscos de natureza leve. Possuem apenas uma biqueira de conformação, que pode ser plástica, termoplástica ou outros materiais cujo fim seja específico de dar sustentação ao bico do calçado, sem oferecer nenhum tipo de proteção. Calçados de Proteção: possuem biqueira de proteção, com resistência de até 100J (Joules) por impacto e 10 kN (kilo Newtons) de compressão. Calçados de Segurança: possuem biqueira de proteção, com resistência de até 200J (Joules) por impacto e 15 kN (quilonewton) de compressão. Todas as biqueiras precisam ser aprovadas em testes de laboratório, contra impactos à 1 metro de altura e de resistência à compressão do bico. No Brasil prevalecem os calçados de segurança, por oferecerem uma resistência maior com um custo muito similar aos de proteção. As biqueiras mais usadas atualmente, pelo custo-benefício que oferecem, são as de aço e composite, vamos falar um pouco sobre cada uma delas? Biqueira de aço Como o nome mesmo já diz, é feita de aço e é o modelo mais tradicional no mercado de EPIs. Oferece extrema proteção para o usuário contra a queda de objetos pesados e cortantes, contato com produtos químicos e choques em geral. Para ser considerada de segurança, seguindo as normas técnicas da ABNT, deve suportar impactos no nível de energia de, no mínimo, 200 J à 1 metro de altura e de resistência à compressão do bico de, no mínimo, 15 kN. É indicada para profissionais que estão diariamente expostos ao risco com cargas, como por exemplo, em transportes e na construção civil. Biqueira de composite A biqueira de composite é feita a partir da combinação de fibra de carbono, vidro e poliéster. É uma tecnologia mais recente em comparação ao aço, mas vem ganhando bastante espaço no mercado de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) para os pés. Surgiu após os ataques do 11 de setembro. Com o aumento da segurança nos aeroportos, surgiu a instalação de muitos detectores de metais e para garantir o livre trânsito dos trabalhadores sem que fossem barrados por eles, essa biqueira atendeu a essa necessidade, por não possuir metal em sua composição. Também atendeu uma demanda antiga do setor elétrico, por oferecer segurança aos pés dos trabalhadores sem colocá-los em risco por não ter componentes condutivos à energia elétrica. Porém há ambientes onde ela não é indicada, como por exemplo riscos de corte (motosserras) ou calor. Oferece a mesma proteção contra impactos que a biqueira de aço. Resistência a impactos no nível de energia de, no mínimo, 200 J à 1 metro de altura e de resistência à compressão do bico de, no mínimo, 15 kN, para ser considerada de segurança. E como saber se a biqueira composite ou aço? Ambas possuem uma rigidez elevada ao serem apertadas, mas podem ser diferenciadas basicamente por dois fatores: - Leveza: Devido a composição dos materiais a de composite tende a ser mais leve, o que pode variar conforme a composição de cada calçado. - Imã: A biqueira de composite não possui objetos metálicos em sua composição, portanto um imã identifica facilmente a presença de uma biqueira de aço. O tipo de biqueira e a resistência que ela oferece definem se o calçado será ocupacional, de segurança ou de proteção, como já vimos anteriormente. Agora que você conhece as principais biqueiras e sua importância, basta apenas escolher a mais adequada a sua rotina. Lembre-se que proteger os pés de maneira adequada é essencial para garantir a segurança e a saúde durante as atividades diárias. Na Conforto você encontra ambos os tipos de biqueira, presente nos calçados ou vendidas separadamente. Acesse agora mesmo através do link https://bit.ly/3AXLlwa e confira o catálogo. Ainda com alguma dúvida? Entre em contato via WhatsApp através do número: 51 3561-2801.

Veja Também

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14
  • 15
  • 16
  • 17
  • 18
  • 19
  • 20
  • 21
  • 22
  • 23
  • 24
  • 25
  • 26
  • 27
  • 28
  • 29
  • 30
  • 31
FALE CONOSCO

Estamos à disposição para responder dúvidas, críticas e sugestões. Entre em contato com a nossa equipe através do espaço abaixo.

CLIQUE AQUI